Desmontar acampamento e refletir...

on Sexta, 28 Janeiro 2011. Posted in 2011

Viernes

Equipe do PROVEX em Buenos Aires

Hoje, após uma semana de muito trabalho, estamos levantando acampamento. Alegres por estarmos voltando para nossa casa e por termos visto que pudemos fazer algumas coisas que com certeza irão ajudar a comunidade que está no entorno do El Quincho, mas ao mesmo tempo, com aquele sentimento de saudade de sabermos que não nos encontraremos mais com as muitas pessoas até o ano que vem, e a percepção que ainda há muito para ser feito por aqui, muitas carências a serem supridas.

Pati com as crianças

Não fizemos tudo que queríamos, mas saímos daqui com a sensação de missão cumprida, que pudemos jogar algumas gotinhas de esperança neste oceano chamado Berisso.

Fica a alegria...

A saudade das pessoas que aqui conhecemos...

As forças renovadas para a fé, apesar do cansaço físico...

A convicção de que a Missão de Deus no mundo é muito grande, e as necessidades que estão por aí ao redor dele parecem infinitas. Temos consciência que não iremos resolver todos os problemas do mundo, mas nos parece que juntos, podemos fazer um pouquinho, para tentar tornar a vida de algumas pessoas melhor, e, sobretudo, para apresentarmos o motivo de tudo isso a todos quanto pudermos: Jesus Cristo.

IMAGEM

Esperamos ter outras oportunidades de fazermos a diferença no mundo, sem nos importarmos se estamos há 2600km de casa ou se estamos em nossa própria rua...

Nossos sinceros agradecimentos a todos que possibilitaram que este PROVEX pudesse ter sido este momento tão maravilhoso. Muito obrigado!!

Fiquem com Deus e agora voltamos para casa... até domingo!

48h de ônibus, vamos nós...

PS: toneladas de roupa sujas voltam no ônibus para serem lavadas, alguém se dispõe?!

PS 2: os alfajores estão a caminho...

Merecemos um passeio?

on Sexta, 28 Janeiro 2011. Posted in 2011

JUEVES

É mar ou rio?

Será que estes pobres estudantes no meio da Argentina merecem um passeio? SIIIIIIIIIIM!!

Bom, tomando em conta esta verdade que nós mesmos escolhemos, fomos dar uma de turistas passeando por "tierras extranjeras".

Acordamos bem cedo e fomos direto para La Plata, la capital de la província. Nossa primeira parada foi em um Museu sobre as Invasões Inglesas, que fica nas margens do Rio la Plata, lá pudemos conhecer um pouco da história dos Hermanos e ver armas e canhões muiiiiiiiiito antigos. Como já estávamos do lado, fomos dar uma olhadinha e tirar umas fotos na beirada do rio. Gente, ele é muito largo, definitivamente não dá pra ver a outra margem, parece o oceano!!

Catedral de La Plata

Chegando a região central da cidade fomos para a Plaza Moreno, onde ficam a Prefeitura (Municipalidad) e a Catedral. É sem sombra de dúvidas uma das mais belas igrejas que já vi em minha vida, ela tem um estilo neogótico com torres muitíssimo altas e uma nave em forma de cruz, é uma beleza arquitetônica de se admirar, ainda mais por toda a praça que está em frente cria uma vista maravilhosa!

Depois disso, pegamos trem e metrô até chegarmos ao coração de Buenos Aires, no Obelisco. E como bons turistas tiramos fotos de tudo, cada detalhe era motivo de agitação e fotografias. Passeamos por ruas do centro onde aproveitamos a valorização do Real frente ao Peso para fazermos umas comprinhas.

Fragata Sarmiento

Andamos até a bela região de Puerto Madero, onde visitamos um barco museu chamado "Fragata Sarmiento", este foi um barco da Armada Argentina no final do séc. XIX e primeira metade do séc. XX. Perto dele, fica a famosa Casa Rosada, sede do governo argentino e a Plaza de Mayo, ondem ocorrem as famosas manifestações políticas.

Depois de muitas fotos, voltamos para o El Quincho sonhando com os alfajores que ainda não compramos...

Andrés, nossa argentino de estimação, em frente da Casa Rosada

Depois da tempestade...

Written by Organização Toca do Estudante on Quarta, 26 Janeiro 2011. Posted in 2011

MIÉRCOLES

Saudosa maloca

A chuva persistiu a noite toda, o que alagou a maioria das barracas; isso fez com que alguns dos voluntários passassem a noite no "El Quincho", transformando-o em um verdadeiro cortiço.

Amanhecendo, tivemos que redirecionar o trabalho para tirar tudo que estava dentro das barracas para secar – colchões, mochilas, travesseiros, sacos de dormir.

Ao mesmo tempo algumas pessoas já começaram a fazer o portão, trabalho este que se seguiu ao longo de todo o dia. No final da tarde já tínhamos o portão praticamente pronto faltando apenas alguns ajustes para serem feitos.

Portão de entrada

O portão ficou muito bonito!! Sobretudo, devido ao trabalho de marcenaria do Pr. Aridio

O trabalho com as crianças hoje foi um pouco diferente já que a cama elástica estava muito molhada para ser utilizada.

Ensinando origami para as crianças

Então, as maiores aprenderam a fazer uma linda caixa de origami, inclusive com a presença de algumas mães.

Enquanto isso, as menores participaram de alguns jogos cooperativos, estes foram utilizados para passá-las princípios bíblicos.

O dia delas terminou com um delicioso lanche feito pelas nossas cozinheiras.

Além disso, a saga da cerca continua, esperamos mais cenas nos próximos episódios...

Buracos...

Falha Nossa

on Quarta, 26 Janeiro 2011. Posted in 2011

Preparando a cerca

Na terça feira, uma parte do grupo foi designada para cercar o acampamento com troncos de árvore, porém, durante o percurso ocorreram alguns problemas: Excesso de mato e lixo nas áreas dos buracos, o cortador de grama que insistia em arrancar a linha de demarcação, dificuldades em manusear os equipamentos que tínhamos, o que nos causou problemas com as medidas...

"Quesito alinhamento dos buracos, notaaaaaa ZERO!"

A frase tema do "Falha Nossa" no Provex é...

"Transportar um gerador de 2 toneladas por 2600 Km para gerar 220 Volts e ele gerar só 6 Volts, é uma vergonha!"

Continuando, dois irmãos de Rondônia vieram nos ajudar! Pena que assim como nós, não tinham muitas habilidades com ferramentas... os buracos do portão, além de desalinhados, ocasionaram um furo no cano de água...

Ok... acidentes acontecem!

Reverendo Libério tomando banho de chuva

No fim da tarde, uma deliciosa chuva impossibilitou a continuidade dos trabalhos. Então todos resolveram se aproveitar do momento refrescante, para como crianças, sair correndo e pulando na lama...

Dessa chuva surgiu a brilhante ideia de arrastar o Reverendo Libério para seu primeiro banho, após três dias, aqui no Provex. Foi lindo!

Após o banho sacerdotal de nosso Reverendo, uma emocionante partida de futebol foi travada em nosso campo de lama!

Observação. A "tenda do encontro" sofreu alguns danos com a chuva, e os voluntários tiveram uma comovente luta para mantê-la em pé!

Futebol de lama

Las Chicas e Los Chicos!

on Quarta, 26 Janeiro 2011. Posted in 2011

Carlinha com as crianças

As crianças aqui em Berisso, principalmente no bairro Santa Cruz onde estamos, vivem numa realidade da qual não estamos acostumados. Não existem muitos atrativos para elas... apesar dos terrenos serem grandes, as casas são pequenas e em sua maioria feitas com madeira ou telhas de zinco.

Não há saneamento básico nem iluminação pública aqui no bairro. (O lixo é jogado nas ruas e o esgoto jogado em fossas abertas)

O ambiente não é propício para o desenvolvimento sadio das crianças. Falta uma boa nutrição e atenção educacional necessária. Por estes e outros motivos, percebemos nas crianças uma grande carência afetiva que é muitas vezes extravasada por meio de violência entre eles.

Parte das crianças que partipam do projeto

Desde o momento em que chegamos aqui no El Quincho as crianças tem nos rodeado esperando o momento da recreação. Temos uma cama elástica que é a atração principal, e em alguns momentos os voluntários fizeram pintura facial, jogo de futebol e um delicioso lanche.

É neste momento que surgem as oportunidades de levarmos o evangelho...

Lunes

Written by Organização Toca do Estudante on Quarta, 26 Janeiro 2011. Posted in 2011

Base do Playground

Na segunda feira após o "Afiando Machado", iniciamos a segunda parte do trabalho: erguer as bases do Playground e cavar os buracos para a cerca (27 buracos com 35cm de diâmetro e 60cm de profundidade, embaixo de um calor de 35 graus sem uma única nuvem no céu para uma sombrinha). O trabalho foi encerrado após as 21h, quando pudemos jantar e tomar banho com pouquíssima água.

Cavando os buracos da cerca Construção do Playground

Alguns detalhes íntimos, porém, não menos importantes...

Os banheiros...

  • Há um banheiro de alvenaria, que pode ser usado apenas para o "número 1".
  • Um segundo banheiro foi duramente confeccionado, distante do resto do acampamento, conhecido como "tenda do encontro". Em sua estrutura encontraremos um buraco de aproximadamente 60Cm de diâmetro e 1,5m de profundidade, há um banco de plástico onde foi acoplada uma tampa de vaso sanitário antiga e uma madeira para facilitar a centralização do ambiente, onde está contida a seguinte frase: "Até aqui nos ajudou o Senhor". Este espaço é reservado para o "numero 2" e reflexões. Um pote com cal ameniza o aroma nem tão suave...

Até aqui nos ajudou o Senhor...

Os chuveiros...

Três tendas foram montadas dentro do acampamento para o banho... São utilizadas tendas próprias para este fim, onde acoplamos sacos de água com torneirinhas – pequenas mesmo!

O resto, deixamos por conta de sua imaginação!

O hotel....

As barracas foram erguidas... nestas, dormem 2 ou 3 pessoas em colchões infláveis, mas que não permanecem cheios a noite toda. Muitos de nós acordamos sentindo as confortáveis e macias pedras do chão nas costas.

Nosso hotel e os chuveiros ao fundo à esquerda

Café da manhã em estrada argentina

Written by Organização Toca do Estudante on Quarta, 26 Janeiro 2011. Posted in 2011

ARGENTINA - primeiro e segundo dia

Na primeira manhã na Argentina, tomamos o café da manhã na estrada e chegamos à Berisso no início da noite do sábado (22/01), onde fomos muito bem recebidos por missionários brasileiros e a Julieta, uma argentina muito simpática que ajuda com as crianças. Nesta noite, jantamos um prato típico argentino de filé a milanesa e dormimos (na posição horizontal após dois dias) nas instalações da Iglesia de Dios.

Recepção e jantar na Iglesia de Dios

Amanhecendo viemos para nosso local de trabalho o El Quincho onde montamos o acampamento e iniciamos os trabalhos. Enquanto parte da equipe visitava a Iglesia Jesus Luz del Mundo apresentando o trabalho da Toca, os grupos continuaram os trabalhos na montagem – barracas, banheiro, playground, cama elástica – e a noite outras equipes apresentaram o trabalho em outras igrejas.

As crianças do bairro perceberam nossa chegada, e boa parte do tempo ficam conosco no acampamento. Sendo que, no período da tarde temos um momento de recreação com elas com monitores dentre os voluntários. Em um próximo texto, falaremos mais deste trabalho com as crianças.

Chegada no El Quincho

Caminho para Argentina

Written by Organização Toca do Estudante on Terça, 25 Janeiro 2011. Posted in 2011

A VIAGEM - primeiro dia

Saímos de São Paulo a meia noite de quinta-feira, no dia 20 de janeiro de 2011 com destino a Berisso, Argentina, para participar do IV Provex (Projeto Volutario no Exterior), realizado anualmente pela organização Toca do Estudante. Vinte e nove (29) pessoas de diferentes locais, idades e igrejas se reuniram para ajudar a melhorar as condições de infraestrutura da comunidade argentina.

Nosso objetivo, em um compromisso de longo prazo com ações de curto prazo, é a ampliação do espaço de atuação do El Quincho, um ambiente que para o povo argentino serve como cenário para reuniões, festas, onde há atividades como o Rincón del Libro (Cantinho do Livro, em tradução livre), quando as crianças têm contato com livros, acompanhamento escolar, debates sobre o desenvolvimento do bairro de Santa Cruz e aos finais de semana serve como local de encontro da comunidade de fé ("El Quincho" Comunidad Cristiana).

Neste ano, viemos para construir um local de recreação para as crianças (playground) e cercar o terreno do El Quincho.

Até a Argentina, foram muitas horas de viagem na estrada com muito calor e poucas paradas. Porém, foi debaixo de muita chuva que chegamos a Maringá, no Paraná, pela manha de sexta-feira, onde os irmãos presbiteranos nos recepcionaram com belo café da manhã.

De Maringá, partimos então com rumo a Foz do Iguaçu, onde cruzaríamos a fronteira com a Argentina. No caminho, (finalmente) tomamos banho em uma parada, enquanto um dos pneus do ônibus era trocado. Aí sim, seguiríamos direto para a fronteira.

Foi uma viagem tranquila e conseguimos chegar antes do previsto, mas sofremos um grande atraso pela burocracia e checagem de documentos na fronteira, mas que não nos prejudicou. No inicio da madrugada de sábado, deixávamos o Brasil para entrar em solo argentino acompanhados de um guarda da fronteira, que nos pediu uma carona.

 

dia1.1 mini dia1.2 mini
Full Reviw on best bokkmakers by http://artbetting.net/
Download Premium Templates
Bookmaker No1 in The UK - William Hill by w.artbetting.net

Toca do Estudante // lugar seguro no campus

NÃO PERCA AS NOSSAS ATUALIZAÇÕES
SE CONECTE COM A GENTE.

Tradução Português - Inglês Tradução Português - Espanhol Tradução Português - Alemão Tradução Português - Italiano